A pacata cidade de São João do Paraíso vive dias conturbados na política. Em um intervalo de apenas 15 dias, houve um assassinato no comício do atual prefeito, Roberto Régis de Albuquerque e, alguns dias depois, o prefeito foi preso por porte ilegal de armas, junto com um de seus vereadores. Fatos que perecem influenciar no resultado das urnas.

Pesquisa registrada junto ao TSE, com o número MA-06800/2020, mostra que o candidato Marcos Vinicius virou o jogo político na cidade e lidera por pequena margem as intenções de voto, na pesquisa expontânea: 33,4 % a 32,6 % do atual prefeito Beto Régis.

Já na pesquisa estimulada, quando o pesquisador cita os nomes dos candidatos, a vantagem de Marcos Vinícius aumenta para quase 3 pontos, vencendo com 38,2 % a 35,7 %. A pesquisa foi executada pela empresa Inteligente Consultoria e Serviços/Quality Pesquisas.

Em uma campanha meteórica, o ex-secretário de Agricultura Marcos Vinícius e seu vice, Renan Castro, vem defendendo um plano de governo inspirado nas melhores práticas de municípios vizinhos, como São Pedro dos Crentes, uma referência nas áreas de Saúde e Educação na região sul do Maranhão.

O atual Prefeito, Roberto Régis, aposta na continuidade de sua administração, com a entrega de diversas obras realizadas neste último ano, além de motivar sua aguerrida base eleitoral. Mas já sentiu o golpe que sua visita à Polícia de Estreito fez à sua campanha.

A PESQUISA FOI REGISTRADA NO TSE.