Uma reportagem a nível nacional exibida com exclusividade pelo programa Cidade Alerta da TV Record desta terça-feira (30), mostrando um veículo da Prefeitura de Estreito recolhendo animais saudáveis nas ruas do município para serem sacrificados, causou revolta no Brasil inteiro.

O caso foi denunciado por uma ativista, que conseguiu seguir o veículo e resgatar os animais. Após o resgate que foi filmado por ela, os animais, alguns debilitados, foram levados para uma clínica veterinária, onde ficou comprovado, após a realização de exames, que todos eles estavam saudáveis, apenas um dos animais, apresentou resfriado.

O policial civil e vereador de São Paulo, Felipe Becari, fundador de uma ONG em defesa dos animais, reconhecida no Brasil inteiro, acionou o Ministério Público do Maranhão, após tomar conhecimento do caso.

Além de animais saudáveis, a forma que eles estavam sendo safricados de maneira agonizante por profissionais não habilitados para tal função, também foi alvo da denúncia.

Uma das vítimas da “carretinha” da morte

Uma nota enviada pela assessoria do prefeito de Estreito, Léo Cunha (PL), foi repudiada pelo parlamentar paulista.

“Que diagnóstico? Feito pelo motorista? Transporte adequado naquela carroça, velha e enferrujada, enforcando os animais ?” Escreveu ele.

O caso ganhou proporções nacional e diversos artistas, ONGS e internautas, classificam o episódio como bárbaro e cruel. O Ministério Público já tomou conhecido e deve acompanhar o andamento das investigações pelos pelos próximos dias.