Uma operação da Polícia Civil nesta sexta-feira (08), deu cumprimento a Mandados de Busca e Apreensão e Prisão Preventiva expedidos pelas Comarcas de Anajatuba (MA) e Sítio Novo (MA), em desfavor de suspeito envolvido em roubos, com uso de armas de fogo, realizados contra as agências do Banco Bradesco das duas cidades, nos meses de Janeiro e Fevereiro de 2020.

A operação foi deflagrada na zona rural do município de Santo Antônio dos Lopes (MA), pelo do Departamento de Combate ao Roubo a Instituições Financeiras – DCRIF/SEIC, com apoio da 14ª Regional de Pedreiras e do COSAR/PMMA.

Durante o cumprimento do mandado de busca e apreensão foram encontradas duas espingardas calibre .20 e um revólver calibre .38, uma quantia em dinheiro e munições dos calibres .20, .38 e .40. Além das provas de crime apreendidas, o suspeito apresentou aos policiais um documento de identidade falso.

Foi constatado que o revólver calibre .38 encontrado na casa do suspeito foi subtraída dos vigilantes da agência do Banco Bradesco da cidade de Sítio Novo. Diante dos fatos, além dos mandados cumpridos, o suspeito foi autuado em flagrante pelos crimes de Posse Irregular de Arma de Fogo de Uso Permitido e Uso de Documento Falso.

O suspeito é foragido do sistema penitenciário estadual e, após ter sido beneficiado com a saída temporária do dia das crianças, em 2019 e não ter regressado.

Segundo a investigação, o suspeito já foi condenado pelos crimes de Homicídio, Roubo, inclusive roubo a bancos e Porte Ilegal de Arma de Fogo.