O Sindicato dos Bancários do Maranhão (SEEB/MA) alertou que a categoria já começa a discutir a deflagração de uma greve geral, cobrando que sejam inclusos no grupo de prioridades da vacina contra Covid-19.

De acordo com o sindicato da categoria, eles atuam na linha de frente da crise, em agências fechadas, sem ventilação natural, com aglomerações e alto risco de contágio pelo coronavírus, a fim de pagar o auxílio emergencial e evitar o colapso econômico-social do país. Eles alegam também que que Flávio Dino já incluiu diversas categoria na lista de imunização prioritária, mas excluiu os trabalhadores dos bancos, o que tem contribuído para o aumento do número de óbitos no Estado.

Segundo a categoria nos últimos meses, 14 bancários morreram vítimas da Covid-19 no Maranhão.