No fim da tarde desse domingo (12), uma colisão entre um veículo de passeio e uma caminhonete resultou na morte de Genivaldo Sousa Miranda, de 44 anos e Edinaldo Soares Neves, de 41 anos, no km 554,9 da BR-230, no município de Carolina, sudoeste do estado do Maranhão. Os dois homens eram naturais de Araguaína (TO).

De acordo com a Polícia Rodoviária Federal (PRF), o condutor da caminhonete era um homem de 49 anos, que saiu de Marabá (PA) com destino ao município de Cedro no Ceará.

Ao seguir pela BR-230, o motorista tentou se desviar de dois grandes buracos e acabou colidindo frontalmente com um carro de passeio, um Siena, que trafegava no sentido contrário.

O condutor do Siena, Genivaldo, e o passageiro, Edinaldo, vieram a óbito no local. Já o condutor da caminhonete teve ferimentos leves.

Ao fazer buscar no interior da caminhonete acidentada, a equipe PRF encontrou um revólver calibre 38 com 16 munições intactas dentro de uma meia, no console da caminhonete. O autor alegou que teria comprado o revólver cal.38, juntamente com as munições, em uma feira na cidade de Marabá-PA, e disse não saber a identidade do vendedor.

O motorista da caminhonete foi encaminhado para a delegacia de Polícia Civil em Carolina por homicídio culposo e por porte ilegal de arma de fogo de uso permitido.