Com o objetivo de prevenir a disseminação da Covid-19 e evitar o aumento de casos nos municípios maranhenses, o Ministério Público do Maranhão (MPMA), a Secretaria de Segurança Pública (SSP) do Maranhão e a Federação dos Municípios do Estado do Maranhão (Famem) se posicionaram, na última sexta-feira (22), em nota conjunta, contra a realização de eventos pré-carnavalescos em todo Maranhão.

“O Ministério Público reafirma seu posicionamento contra as aglomerações e as festas de carnaval. O nosso país já teve mais de 210 mil mortes. Não é momento de festejar e sim de cautela. A prevenção é uma forma de evitar mais mortes. Precisamos de um esforço coletivo em nome da vida e da saúde de nosso povo”, afirmou o Procurador de Justiça Eduardo Nicolau na última sexta-feira.

Porém, uma casa de show denominada Brut’s Eventos no município de Santa Inês, tem desafiado o Ministério Público e a Secretaria de Segurança Publica do Maranhão, indo contra as recomendações do Secretário de Segurança Pública do Estado do Maranhão, JEFFERSON MILLER PORTELA E SILVA e do Procurador-Geral de Justiça, EDUARDO JORGE HILUY NICOLAU.

A casa de show tem realizado shows com grande aglomerações de público e promovido os famosos bloquinhos pré-carnavalescos. Indo totalmente contra as recomendações dos órgãos estaduais.

No último sábado (23) um show realizado no local, reuniu uma multidão com aproximadamente mil pessoas no interior da casa de show.

De acordo com dados epidemiológicos sinalizam para uma possível segunda onda de alastramento do novo coronavírus no país, tal qual já se observa em países da Europa, que já reeditaram medidas de contenção. Vale registrar o recente surgimento de uma mutação variante do coronavírus (Covid-19), que, segundo amplamente noticiado na imprensa, é mais contagiosa.

Até o momento a Promotoria de Santa Inês permaneceu em silêncio.