Na última quarta-feira (20), policiais do Batalhão de Polícia Militar de Turismo do Maranhão (BPTur) prenderam três homens naturais de Cedral, que estavam em posse de mais de 230 cartões de beneficiários da Caixa Econômica Federal e mais de R$ 24 mil em espécie, além de uma lista com senhas de cartões e vários documentos.

Durante o depoimento, eles alegaram que vieram do município de Cedral fazer os saques para outras pessoas, com a autorização destas e a confiança delas para repassar o dinheiro. As pessoas teriam nomeado os homens para fazer os saques em São Luís para entregar o dinheiro a eles por ser mais fácil na capital.

O advogado dos acusados divulgou vídeo no qual os beneficiários confirmam que deram os cartões para os “nomeados”. As pessoas repetiram insistentemente a frase: “Eu que dei meu cartão pra José Carlos receber”. Com base nestas evidências, o juiz federal Pedro Alves Dimas Júnior determinou que os acusados fossem colocados em liberdade. Mas ainda determinou o comparecimento bimestral deles perante o Juízo Criminal da Comarca ode Cedral, para informar e justificar suas atividades, a iniciar no mês de agosto de 2020.

Vale ressaltar que o juiz também reconheceu a legalidade da prisão em flagrante efetuada. Uma vez que era muitos plausíveis os indícios de ilicitude na conduta dos investigados ao sacarem mais de R$ 20 mil com mais de 200 cartões diferentes.

 

Da Redação com informações de Slz180