Corpos da família maranhense que morreu em desabamento no Rio chegam ao MA

Foto: Reprodução

Os três corpos dos maranhenses de uma única família, vítimas fatais do desabamento de três prédios na Muzema, Zona Oeste do Rio, na última sexta-feira (12), chegaram ao Maranhão nesta quinta-feira (18).

Hilton Berto Rodrigues Souza, a sua esposa, Maria de Nazaré Sodré, e o filho do casal, Hilton Guilherme Sodré Souza, 12 anos, foram sepultados na manhã desta sexta-feira (19), no município Pinheiro (MA).

A outra filha de Hilton e Nazaré, Isabele, de 4 anos, sofreu apenas arranhões porque Hilton Berto a levou para fora do prédio, onde a família morava no terceiro andar, assim que houve os primeiros sinais do desabamento. Hilton Berto foi surpreendido pelo desmoronamento quando voltou para tentar salvar Nazaré e Guilherme. A pequena Isabele que já se encontra no Maranhão, deverá ser criada por avós.

Menino Hilton, à esquerda, morreu na manhã deste sábado (13) no hospital para onde foi socorrido; a irmã dele, Isabele, escapou ilesa; a mãe dele, Maria Nazaré, e o pai, Hiltonberto, foram retirados dos escombros já sem vida. — Foto: Arquivo Pessoal

Hilton Berto havia dito a um amigo que juntou as economias de sete anos de trabalho na oficina onde trabalhava como lanterneiro e pagou R$ 60 mil por um apartamento no 4° andar de um dos prédios que desabaram do Condomínio Figueira do Itanhangá.

No sétimo dia de buscas por vítimas, bombeiros resgataram mais um corpo nos escombros, na manhã desta quinta-feira (18). O número de mortos chegou a 20. Três pessoas ainda são procuradas.