Um criança de sete anos foi atacado por uma raposa nesta quinta-feira (17) na comunidade Baú, na zona rural de Caxias, município localizado a 360 km de São Luís. Este é o 19ª registro de ataques de raposas a humanos e animais domésticos, segundo a Unidade de Vigilância de Zoonoses de Caxias (UVZ).

De acordo com a mãe do menino, ele estava no banheiro quando foi atacado pelo animal. Ele foi encaminhado para a Unidade de Saúde do Jaú onde recebeu atendimento de saúde após o ataque.

“Eles estavam tomando banho no banheiro e eles começaram a gritar. Só que eles gritavam, gritavam mas não falavam o que era. Foi quando as duas meninas saíram e disseram ‘mãe é uma raposa”, conta a mãe.

O menino teve ferimentos nas costas e nas mãos e recebeu uma dose da vacina contra o vírus da raiva e foi realizada uma notificação para a Vigilância Epidemiológica de Caxias.

Com este caso, sobe para sete o número de pessoas atacadas e 12 registros em animais. Pelo menos uma das raposas responsáveis pelo ataque, foi encontrada morta e de acordo com a UVZ, o sangue dela possuía o vírus da raiva. Por conta dos ataques que estão sendo registrados praticamente toda a semana, as autoridades da região estão em alerta, mas mesmo com as ações novos casos estão sendo registrados.