Edison Lobão foi ao hospital pedir propina a executivo da Odebrecht, diz Lava Jato

Edison Lobão foi ao hospital pedir propina a executivo da Odebrecht, diz Lava Jato

Na coletiva para explicar a Operação Galeria, deflagrada na manhã desta terça-feira (10), o procurador Athayde Ribeiro Costa contou que, na época da distribuição de propinas no âmbito da obra da usina de Belo Monte, o executivo da Odebrecht Henrique Valadares estava hospitalizado. Edison Lobão, então, foi ao hospital.

“A pretexto de fazer uma visita de cortesia, o senhor Edison Lobão foi ao hospital fazer o pedido de propina ao senhor Henrique Valadares, porque a Odebrecht ainda não tinha iniciado os pagamentos relativos à usina hidrelétrica.”

Valadares pediu que Edison Lobão procurasse outro executivo, já que estava doente.

 

Visite:

Deixe uma resposta