Uma pesquisa realizada pelo Instituto Prever entre os dias 29 de junho e 2 de julho, mostra o atual cenário eleitoral em São Luís, na corrida pela prefeitura. Eduardo Braide (Podemos) segue liderando, Duarte Jr (Republicanos) vem em segundo lugar, Wellington do Curso (PSDB) em terceiro colocado.

No voto espontâneo, quando não é citado nenhum dos nomes, Eduardo Braide tem 18,8%, Duarte Júnior vem com 3,8% e Wellington do Curso com 3,7%. Neto Evangelista e Adriano Sarney aparecem com 1,8%, ambos. Bira do Pindaré possui 1,5%. Os demais nomes citados aparecem com menos de 1%. Brancos e nulos responderam a 3,8% e não sabem ou não responderam somaram 54%.

No primeiro cenário estimulado, quando é citado o nome dos pré-candidatos como opções, Eduardo Braide aparece com ampla vantagem, com 43,1%. Duarte Júnior vem logo depois com 8,8%, seguido por Wellington do Curso com 8,7% e Adriano Sarney (PV) com 7,2%. Um pouco mais abaixo no limite da margem de erro, aparece Bira do Pindaré (PSB) com 5,9%, seguido por Neto Evangelista (DEM) com 5,3%. Depois Madeira (SDD) com 2,4%; Jeisael Marx (Rede) com 1,3%; Rubens Júnior (PCdoB) 1,2%; Dr Yglesio (PROS) 1%; Detinha (PL) 0,8%; Silvio Antônio (PRTB) 0,2%; Saulo Arcangeli (PSTU) 0,1%; Honorato Fernandes (PT) 0,1% e Franklin Douglas (PSOL) que não pontuou.

Brancos e nulos representaram 5,3% e não sabem ou não responderam somam 8,6%.

No segundo cenário estimulado, onde são retirados os nomes de Wellington do Curso e Silvio Antônio. Eduardo Braide aparece com uma larga diferença com 44,6%. Duarte Júnior parece com 9,1%. Adriano Sarney possui 7,4%, seguido por Bira do Pindaré com 7,1% e Neto Evangelista com 6,5%. Depois aparecem Madeira com 2,7%; Jeisael Marx com 2,4%; Rubens Júnior 1,7%; Dr Yglesio 1,6%; Detinha 1%; Saulo Arcangeli 0,3%; Honorato Fernandes 0,1% e Franklin Douglas que não pontuou.

Brancos e nulos representaram 7,3% e não sabem ou não responderam somam 8,2%.

No terceiro cenário estimulado, onde são retirados os nomes de Detinha e Silvio Antônio. Eduardo Braide aparece 43,2%. Duarte Júnior e Wellington do Curso empatam com 8,8%. Adriano Sarney aparece com 7,2%. Um pouco mais abaixo oscilando no limite da margem de erro, aparece Bira do Pindaré com 5,9%, seguido por Neto Evangelista com 5,5%. Depois aparece Madeira com 2,4%; Jeisael Marx com 1,4%; Rubens Júnior 1,2%; Dr Yglesio 0,1%; Saulo Arcangeli 0,1%; Honorato Fernandes 0,1% e Franklin Douglas que não pontuou.

Brancos e nulos representaram 5,5% e não sabem ou não responderam somam 8,8%.

No quarto cenário estimulado, onde são retirados os nomes de Wellington do Curso, Detinha e Silvio Antônio. Eduardo Braide aparece com 44,7%. Duarte Júnior possui 9,2%. Adriano Sarney aparece 7,5% seguido por Bira do Pindaré com 7,1% e por Neto Evangelista com 6,6%. Depois aparece Madeira com 2,8%; Jeisael Marx com 2,5%; Rubens Júnior 1,8%; Dr Yglesio 1,7%; Saulo Arcangeli 0,3%; Honorato Fernandes 0,1% e Franklin Douglas que não pontuou.

Brancos e nulos representaram 7,4% e não sabem ou não responderam somam 8,3%.

Quando o cenário é a rejeição dos pré-candidatos, apenas Adriano Sarney é o mais rejeitado com 26,2%, seguido por Bira do Pindaré com 12,1% e Wellington do Curso com 7,4%. Oscilando fora da margem de erro estão Eduardo Braide com 3,9%; Detinha com 3,4%, Duarte Júnior 3,3%; Neto Evangelista com 3,1%; Madeira com 2,8%; Dr Yglesio 2,1%; Franklin Douglas 1,8%; Jeisael Marx 1,6%; Saulo Arcangeli 1,1%; Rubens Júnior 1,0%; Honorato Fernandes 0,8% e Silvio Antônio com 0,6%.

10% disseram que não rejeitam nenhum e 18,8% não sabem ou não responderam.

A pesquisa está registrada com o seguinte protocolo MA-04571/2020 com margem de erro de 3% para mais ou para menos e o índice de confiança é de 95%, foi feita com 1006 entrevistados.