A Polícia Civil do Maranhão por meio da Superintendência de Polícia da Capital (Spcc), prendeu em flagrante delito o estudante do curso de Direito por cometer o crime de falsidade ideológica. Ele foi preso durante a noite de quarta-feira, (19), no Plantão Central da Polícia Civil do Maiobão, em Paço do Lumiar-MA.

De acordo com a Spcc, e a Seccional Leste, o acadêmico teria comparecido na delegacia do bairro do Maiobão e se apresentou como advogado para patrocinar a defesa de um amigo que estava sendo interrogada durante o plantão. Neste interim, fora pedido sua inscrição na Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), e ele repassou número da OAB do seu avô, que é advogado. Ao ser confirmado que o número da OAB era do avô, fora observado o crime de falsidade ideológica.

O delegado deu voz de prisão ao acadêmico de direito e este foi autuado pelo crime de Falsidade Ideológica. O delegado após os procedimentos cabíveis que a lei requer, o mesmo foi notificado do auto de prisão em flagrante e conduzido para o sistema prisional.