Um homem, identificado como Carlos Eduardo Lopes, foi morto a tiros na noite deste domingo (25), dentro da Unidade de Pronto Atendimento (UPA) de Açailândia.

Os criminosos fugiram em seguida e, até agora, a polícia não pistas da autoria e motivação do crime. Carlos Eduardo Lopes morava em São Francisco do Brejão e trabalhava na Secretaria Municipal de Infraestrutura de Açailândia. Ele era casado e pai de seis filhos.