Homem que fugiu sem prestar socorro a motociclista em São Luís é ouvido pela polícia

Prestou depoimento à Polícia Civil o homem quefugiu sem prestar socorro ao motociclista, no São Cristóvão, em São Luís, depois de uma colisão de trânsito, que terminou com fraturas graves à vítima. De acordo com a polícia, o homem tem 29 anos e não teve a identidade revelada. O caso aconteceu última quinta-feira (4). 

Em depoimento na Delegacia de Acidentes de Trânsito (DAT), o motorista disse que não percebeu quando atropelou o motociclista e pensou até que seria um assalto quando apenas ouviu um barulho vindo de fora do veículo. 

Ainda em depoimento, ele disse que só percebeu a gravidade da situação quando ouviu a vítima pedir por socorro já no teto do carro. Foi quando ele parou em uma rua deserta, puxou a vítima, deixando-a no chão, e seguiu viagem sem prestar socorro.

“Ele alegou que não é daqui e disse que estava vindo de uma reunião de trabalho”, disse a delegada Rosa Nava. 

O veículo foi localizado estacionado em um condomínio de São Luís e a polícia apreendeu para perícia. 

A polícia informou que o motorista deve responder pelo crime de lesão corporal e omissão de socorro. Ele não ficou preso. A vítima segue internada em um hospital particular de São Luís. O motociclista teve as duas pernas fraturadas e lesões no rosto também.