O concurso público da Prefeitura de Riachão, que estava com suas provas agendadas para os dias 05 e 06 de setembro de 2020, às vésperas das eleições, foi suspenso pela Justiça.

A decisão é do Juiz de direito titular da Comarca de Riachão, Francisco Bezerra Simões, que suspendeu a realização das provas, devido o avanço de casos da Covid-19 no município de Riachão. De acordo com a decisão do magistrado a realização do concurso agravaria ainda mais o cenário da doença em Riachão, além de prejudicar, aqueles candidatos, que estudaram durante meses, porém estão impossibilitados de realizar o certame, devido a doença.

“É inaceitável que o candidato, que muitas vezes demorou meses, anos estudando, quiçá noites inteiras, esteja preparado para fazer a prova com reais chances de ser aprovado, tenha que ficar de fora porque está doente.” Destacou ele em sua decisão.

O concurso está suspenso pelo período de 6 meses. Para o caso de descumprimento, o valor da multa é R$ 500.000,00 (quinhentos mil reais), a ser suportada solidariamente pelos demandados, sem prejuízo da invalidade das provas realizadas

O concurso foi uma das maneiras encontradas pelo atual prefeito, Joab Santos (PSDB), para melhorar sua imagem e possivelmente, de alguma forma, contribuir para a eleição do seu candidato a prefeito, apoiado por ele, que já amarga grande queda, após receber o apoio do gestor.