A Secretaria de Segurança Pública do Maranhão (SSP-MA) divulgou, nesta terça-feira (29), que 52 pessoas já foram presas na Região Metropolitana de São Luís durante as operações especiais da polícia do Maranhão contra integrantes de facções criminosas.

Segundo a SSP, quatro líderes de quadrilhas foram detidos nas operações. No total, foram presas 22 pessoas na cidade de São José de Ribamar, sendo 20 no Parque Jair. Além de seis no Coroadinho, em São Luís.

De acordo com a SSP, durante as operações, além de prender integrantes de fações, foram detidas quatro pessoas suspeitas de homicídio.

As prisões também foram feitas na cidade de Presidente Dutra, a 347 km de São Luís, onde 18 pessoas foram detidas e foi feita a apreensão de R$ 215 mil, cinco veículos e armas de fogo.

As ações da polícia estão sendo feitas após a Grande Ilha enfrentar uma onda de violência nas últimas semanas por causa da luta entre facções por pontos de tráfico de drogas, além de assaltos e latrocínio.

Na noite da última quinta-feira (24) e na madruga de sexta (25), nove mortes violentas foram registradas, em menos de 24h, na Região Metropolitana de São Luís. Houve homicídios, latrocínio e morte em confronto com a polícia. Além das mortes, houve duas tentativas de homicídio.

Na tarde do último domingo (27), um integrante de facção criminosa foi morto a tiros no calçadão da Avenida Litorânea, em São Luís.

De acordo com a polícia, o homem era líder de uma facção criminosa que atuava no bairro Vicente Fialho, na capital.