Manifestações paralisam aulas na UFMA e IFMA nesta quarta-feira

Alguns estudantes e professores da Universidade Federal do Maranhão (UFMA) e do Instituto Federal do Maranhão (IFMA) deram início as manifestações contra o bloqueio de recursos anunciado pelo Ministério da Educação (MEC).

Os protestos bloquearam na manhã desta quarta-feira, a avenida dos Portugueses, na área Itaqui/Bacanga, em São Luís. As atividades no IFMA e UFMA ficarão paralisadas durante todo o dia. O movimento faz parte de uma ação dos estudantes e professores contra o bloqueio de verbas na educação e reforma da previdência.

Um segundo ato da manifestação está sendo realizado nesta tarde, no Centro Histórico de São Luís.

Sobre o corte de verbas

Segundo informações do Ministério da Educação, o bloqueio é de 24,84% das chamadas despesas discricionárias — aquelas consideradas não obrigatórias, que incluem gastos como contas de água, luz, compra de material básico, contratação de terceirizados e realização de pesquisas.

O valor total contingenciado, considerando todas as universidades, é de R$ 1,7 bilhão, ou 3,43% do orçamento completo — incluindo despesas obrigatórias.