As médicas pediatras Dr. Cristina e Dr. Milena, foram demitidas pela nova gestão de Léo Cunha, prefeito eleito no município de Estreito, pregando um discurso que caso eleito, não haveria perseguição.

Dr. Milena relata em redes sociais que foi surpreendida ao ser demitida, sem ao menos ser comunicada. O mesmo aconteceu com a médica Dr. Cristina, foi dispensada As médicas terão que deixar o município, em busca de trabalho, uma grande perda para população.

A demissão das médicas causou revolta nas redes sociais que prometem manifestação nos próximos dias. Cristina é bastante querida em Estreito, sempre atende à população em sua casa, a qualquer hora do dia e da madrugada. A notícia da demissão das médicas pegou de surpresa dezenas de famílias, que estavam sendo acompanhadas por ambas.

Dr. Milena, filha de Estreito, estudou fora e desde que voltou para Estreito, dedicou parte de sua vida atendendo crianças no hospital e postos de saúde do município.

Campanhas nas redes sociais pedem a permanência das médicas

Além delas, outro médicos filhos de Estreito, foram demitidos, entre outros como o médico Dr.Benedito ex-prefeito e que teme ser demitido nas próximas semanas. O que mais tem revoltado os moradores e até alguns aliados da nova gestão, é a contratação de pessoas do município de Imperatriz e Porto Franco para trabalhar em Estreito.

Nas redes sociais moradores lamentam a demissão da médica