Os empresários que atuam no sistema de transporte público na Grande São Luís deverão reduzir jornada de trabalho dos rodoviários. A classe empresarial, além da redução da jornada, vão reduzir os salários dos trabalhadores.

O Sindicato dos Rodoviários do Maranhão é contra a decisão, mas o Sindicato das Empresas de Transportes de Passageiros de São Luis (SET) teve como base a Medida Provisória 936, de 1º de Abril de 2020, editada pelo Governo Federal.

Pela decisão tomada, os trabalhadores irão cumprir 66 horas mensais, o que equivale a 30% da jornada normal de trabalho. É importante ressaltar, que os outros 70%, o Governo Federal é que irá fazer esse repasse ao trabalhador.

Os benefícios, como plano de saude e ticket alimentação permanecerão sendo garantidos. No caso do ticket alimentação, o valor disponibilizado será proporcional as horas trabalhadas.

A decisão, levando em consideração a Medida Provisória, terá vigência de 30 dias, mas ao fim desse período, ou em qualquer momento, as partes – patrões e Rodoviários – poderão se reunir, para analisarem a possibilidade de retomada das atividades normais, isso vai depender é claro, se a doença já estiver sob controle no Maranhão, para não colocar nenhum trabalhador em risco.

Em nota, o SET explicou que a medida adotada para este período de pandemia, além de estar em total legalidade, pois segue a Medida Provisória do Governo Federal de N. 936, foi a alternativa encontrada para evitar a demissão em massa dos colaboradores do sistema de transporte.

A medida consiste em reduzir a jornada de trabalho, preservando os empregos dos colaboradores, que terão sua renda complementar dos salários pagos pelo Governo Federal. Além disso, ainda haverá a manutenção do Plano de Saúde e Ticket Alimentação.

O SET ressaltou que o sistema de transporte coletivo da capital segue operando com muitos prejuízos pela demanda reduzida de passageiros, mas que ainda assim investimentos extras foram feitos pelo Sindicato, como a contratação emergencial de equipes extras para realizar a higienização diária dos coletivos nos cinco Terminais da Integração, visando dar mais segurança aos passageiros nesse momento tão singular que todos estão atravessando.

Qualquer dúvida, para mais informações, ou mesmo orientações, o Sindicato dos Rodoviários ressalta que os trabalhadores podem entrar em contato com a entidade, por meio do telefone (98) 3221 7330.