A Polícia Civil através da 12ª Delegacia Regional de São João dos Patos deu cumprimento a três mandados de prisão na amanhã desta quarta-feira (28) no município de Buriti Bravo, a cerca de 500 km de São Luís.

As prisões aconteceu no Povoado Juçara, zona rural de Buriti Bravo. Contra os presos pesa a acusação de estupro de vulnerável e favorecimento à prostituição, abandono material e maus tratos à crianças.

De acordo com o Portal Reais Notícias, os próprios pais de uma criança de apenas 11 anos de idade, levavam a vítima para a residência do autor do estupro, onde os atos bárbaros aconteciam, em troca de bebida e dinheiro.

Além da vítima de estupros, residia na residência, outras quatros crianças entre 9 e 2 anos, que passavam por todo tipo de maus tratos e abandono por parte dos pais.

Participaram das diligências, policiais civis de São João dos Patos, Passagem Franca e Buriti Bravo.

As investigações continuam tendo em vista que exista a suspeita de outras duas filhas dos autores, que podem ter sido aliciadas.