As pontes que ligam a capital do Piauí, Teresina, ao município de Timon, no Maranhão, vão receber, a partir deste sábado (4), barreiras montadas pelas Guardas Civis Municipais das duas cidades e pelas Policias Militares dos dois estados.

A decisão foi tomada após reunião entre representantes das prefeituras de Timon e Teresina, na qual foi decidido que é necessário tentar identificar possíveis casos suspeitos da Covid-19, doença causada pelo coronavírus, dentre as pessoas que fazem a travessia.

Além disso, as barreiras também terão como objetivo orientar as pessoas que frequentam as duas cidades sobre o vírus. Em caso de suspeita, a Secretaria Municipal de Cidadania, Assistência Social e Políticas Integradas (Semcaspi) afirmou que a pessoa vai receber o encaminhamento necessário.

“Essa é uma ação muito importante, porque temos Timon como uma cidade irmã, com muitos teresinenses morando lá e muitos timonenses trabalhando na nossa cidade. Então, precisamos orientar essas pessoas”, explicou o secretário Samuel Silveira.

As barreiras nas três pontes deverão funcionar diariamente e por tempo indeterminado. A Guarda Municipal ficará responsável pela fiscalização da Ponte da Amizade e a Polícia Militar ficará responsável pela Ponte Metálica e Ponte Nova.