O prefeito eleito de Turiaçu, Edesio Cavalcanti (Republicanos), esteve nesta segunda-feira (01) em reunião com o Sindicato dos Trabalhadores em Educação do Município de Turiaçu-SINTET,  para tratar dos salários atrasados deixados pelo ex-prefeito, Umbelino Ribeiro.

Prezando o bom sensor e jamais prejudicar os trabalhadores, ficou acertado na reunião entre o gestor e os representantes, o pagamento do salário atrasado referente ao mês de dezembro, que não foi pago pelo ex-prefeito.

O pagamento será feito em duas parcelas, metade no dia 10 de fevereiro e a outra metade no dia 10 de março.

Já o ex-prefeito, alegava que teria deixado a folha do pagamento dos funcionários empenhadas. Porém nada disso aconteceu, a mesma foi anulada por não existir saldo, referente para o pagamento de salários. O valor do mês de dezembro, foi usado para o pagamento de empresas suspeitas, que nem mesmo, algumas delas estavam licitadas e informadas ao Sacop do Tribunal de Contas do Estado.

O atual prefeito comemorou o diálogo com a classe e falou da importância dos salários em dias para a economia do município.

“O nosso único objetivo era pagar os salários dessa classe tão importante para o nosso município, classe da Educação, são pais e mães de família que dependem exclusivamente deste valor para sobreviver, é gratificante para eles e muito mais para mim, pois estarei iniciando uma gestão de cabeça erguida. Além de movimentar a economia de nossa cidade, estaremos iniciando uma gestão da forma correta, este será o nosso compromisso, sempre sentar e ouvir as reivindicações, e o mais importante, resolvê-las” disse o prefeito Edesio Cavalcante.