A Prefeitura de Tutóia, através do novo prefeito, Diringa Baquil, pretende gastar R$ 180 mil no ano de 2021, com um único aluguel e quase R$ 1 milhão de reais com um escritório de contabilidade, tudo isso em plena crise econômica da Covid-19 e a alta taxa alta de desemprego.

São exatamente 15 mil reais mensais com aluguel de um prédio onda funcionará como anexo da Secretaria Municipal de Educação, totalizando R$ 180 mil por ano. O que chama mais atenção, é que a Secretaria de Educação de Tutóia, já dispões de um prédio próprio, amplo e com espaço para atender a demanda da pasta da Educação do município.

Já com o escritório de contabilidade, o contrato foi firmado com a empresa Noleto Gomes e Garreto LTDA, a qual Diringa vai desembolsar 71 mil reais por mês e R$ 852 mil somente em 2021. O que chama atenção, é que a empresa pertence a Sra. Paula Giordania Noleto Gomes Garreto, contadora oficial da campanha do prefeito eleito, Diringa Baquil, conforme pode ser confirmado pelo contrato de prestação de serviços de campanha eleitoral 2020. Ou seja, após ser contadora durante a campanha, ela vai faturar quase R$ 1 milhão por ano como forma de gratidão, após Diringa assumir a prefeitura.