Manifestações em apoio ao presidente Jair Bolsonaro e outras pautas políticas, ocorreram neste sábado, (15), em diversas cidades do Brasil, entre elas a cidade Imperatriz, a 626 km de São Luís. O ato conta com apoio de alguns setores, entre eles os produtores rurais.

Em Imperatriz o ato foi organizado com apoio do Sindicato Rural de Imperatriz- SINRURAL, que contou apoio em massa dos produtores rurais da região. Porém algo que desagradou toda a classe e classificado por eles como ‘oportunista e sem expressão’ foi o caso de Mariana Carvalho, que foi candidata a deputada estadual em em 2018 e tentou pegar carona no movimento dos produtores rurais.

Como forma de repudio, o presidente Luís Afonso Danda, emitiu uma nota e afirmou que irá buscar as medidas judiciais cabíveis, já que Mariana teria usado a logomarca dos produtores sem autorização.

Confira a nota abaixo

 

O sindicato rural de imperatriz- SINRURAL no último sábado realizou um grande evento em Imperatriz, uma festa da democracia, demonstrando a força do Agronegócio.

Trata-se de um movimento apartidário. Nesta pandemia geramos comida na mesa, geramos empregos, geramos renda, e exportamos como nunca ajudando o Brasil que dá certo.

Apoiamos a família e o trabalho, acreditamos no Brasil.

No entanto na hora da comemoração, vem os oportunistas de plantão, geralmente políticos sem expressão, sem conteúdo para mostrar, e tentam pegar carona onde não foram sequer convidados, vinculam as nossas imagens e a nossos logomarca, sem a nossa autorização aos seus vídeos promocionais pirateadas.

É o caso por exemplo da Sra Mariana Carvalho, que sem nossa autorização colocou a nossa logomarca em seus vídeos políticos promocionais.

Sra Mariana Carvalho, pelos seu ato, a Sra tem o repúdio de TODA a classe do Agronegócio da Região Tocantina.

Informo que iremos tomar as medidas judiciária cabíveis.

Luís Afonso Danda
Presidente do Sinrural de Imperatriz.