Após supostas denúncias de violência, a 2ª Vara Especial de Combate à Violência Doméstica e Familiar Contra a Mulher intimou o deputado estadual Fábio Macedo (Republicanos) devido concessão parcial de medida protetiva de urgência em favor da esposa dele, Lorena Veruska Sousa Melo Macedo.

O deputado maranhense, teria agredido a esposa com chute nas nádegas e humilhado a mesma, na frente de empregados e convidados. Com base nesses argumentos, a vítima requisitou medidas protetivas de urgência.

Foi deferido o imediato afastamento do parlamentar do imóvel onde a vítima mora, um condomínio fechado no bairro Calhau, em São Luís. Fábio está proibido de aproximar-se dela e de seus familiares a uma distância de 300 metros; ou mesmo de manter contato por qualquer meio de comunicação.

HISTÓRICO DE VIOLÊNCIA:

Fábio Macedo já foi preso em 2019, após agredir duas pessoas e ameaçar policiais de morte em Teresina. A confusão aconteceu em um bar, na zona Leste de Teresina, considerada área nobre da cidade. Segundo informações da Polícia Civil do Maranhão na época, o deputado Fábio Macedo agrediu um cantor, identificado como Léo Cachorrão, dentro de um bar, além de um policial militar que fez a condução do deputado para a delegacia.