O presidente Jair Bolsonaro anunciou nesse domingo (13) que os aeroportos Marechal Hugo da Cunha Machado em São Luís, e prefeito Renato Moreira em Imperatriz, no sul do Maranhão, estão prontos para serem privatizados. A informação foi confirmada pelo presidente por meio de uma rede social.

Além do Maranhão, também devem ser privatizados aeroportos nos estados do Amazonas, Acre, Espírito Santo, Goiás, Mato Grosso do Sul, Pará, Pernambuco e Piauí. As privatizações foram anunciadas pelo presidente e publicadas no Diário Oficial da União em 18 de março.

De acordo com a Infaero, o aeroporto Marechal Hugo da Cunha Machado em São Luís, possui capacidade para receber até 5,1 milhões de passageiros por ano. Somente no primeiro semestre do ano, mais de 799 mil passageiros passaram pelo local. Atualmente, o aeroporto opera com 24 voos diários das companhias Latam, Gol e Azul para as cidades de Recife, Imperatriz, São Paulo, Belo Horizonte, Brasília, Fortaleza e Rio de Janeiro.

O aeroporto prefeito Renato Moreira em Imperatriz, é uma das principais portas de entrada para a região sul do Maranhão. Com capacidade de receber até 2 milhões de passageiros por ano, o aeroporto recebe somente voos nacionais. Segundo a Infraero, já foram registrados mais de 1,8 mil pousos e decolagens.