Uma operação da Superintendência de Combate ao Crime Organizado (Seic), da Polícia Civil e representantes do Ministério Público Estadual (MPE), cumpriram mandados de busca e apreensão na casa de um suspeito de integrar uma quadrilha de hackers. A ação é uma continuidade da operação Ostentação, realizada esta semana em várias cidades do Maranhão.

A ação policial que resultou na apreensão foi realizada nesta quinta-feira (17), em uma residência localizada na rua Alagoas, entre as ruas São José e avenida JK, bairro Santa Rita, em Imperatriz.

De acordo com a Policia Civil, na casa foram apreendidos cerca de R$ 63 mil em espécie, celulares, notebooks, dispositivos de rede e material de informática. O dinheiro estava escondido em uma parede falsa.

Uma pessoa foi presa em flagrante por posse ilegal de arma de fogo e por lavagem de dinheiro. A polícia também foi a uma loja de informática situada no bairro Nova Imperatriz, que seria de propriedade do suspeito que não teve o nome divulgado.