A Prefeitura de Mirador, teve recursos do Fundo de Participação dos Municípios (FPM), bloqueados na última quinta-feira (11). Os recursos foram bloqueados, após dívidas deixadas por familiares da própria prefeita, quando estiveram a frente da prefeitura.

A família de Domingas Cabral, já esteve no comando do município por um longo período, deixando para trás um rastro absurdo de danos aos cofres públicos e dívidas milionárias.

O principal motivo do bloqueio do FPM, é dívidas de gestões anteriores, entre elas uma contraída no ano de 2015, quando a família e o grupo político da prefeita estava no comando da Prefeitura de Mirador, são quase R$ 25 milhões. Além de uma dívida de R$ 3 milhões, deixada pelo pai da atual prefeita, Pedro Gomes Cabral.