A Polícia Civil do Maranhão, através da Delegacia Regional de São João dos Patos, realizou nesta quinta-feira (05), a “Operação Mateus 7-15”, para cumprir um mandado de prisão contra um pastor de iniciais L. F. G. V, acusado de abusar sexualmente de diversas mulheres. Ele é pastor de uma igreja que foi aberta por ele na cidade de Sucupira do Norte, a 514 km de São Luís.

Várias fiéis, mulheres, denunciaram o líder religioso por abuso sexual. Durante ritual, o pastor afirmava que as vítimas estavam possuídas por demônios, assim precisavam se submeter ao ritual da salvação, que consistia em abusos sexuais dentro da igreja.

As vítimas relataram que os pastor as levavam para um altar e logo em seguida as manipulavam sexualmente.

O pastor abusava das fiéis tocando em seus órgãos genitais e outras localidades, dizendo: “Estou sendo guiado por Deus”.

A operação faz referência a um dos versículos da Bíblia em relação aos cuidados com os falsos profetas.

“Cuidado com os falsos profetas. Eles vêm a vocês vestidos de peles de ovelhas, mas por dentro são lobos devoradores”, diz o versículo.

A investigação continua para identificar novas vítimas.