Indícios de ‘candidaturas laranjas’ podem levar a cassação de uma chapa inteira em Capinzal do Norte, cidade localizada a 277 km da capital.

Duas candidatas identificadas como Ivone (PP) e Nayrane (PP), não receberam nem um voto sequer nas eleições municipais de 2020.

Especialistas afirmam que não ter nem o próprio voto é um indício de ‘candidatura laranja’, aquela feita apenas para cumprir o mínimo obrigatório por lei.

Caso seja comprovada, a fraude na cota de gênero pode levar à cassação de toda a chapa do PP, que elegeu um dos vereadores eleitos no município, Robério Carrias (PP).