O presidente da Câmara de Formosa da Serra Negra, Natanael Coelho de Sousa, comprou um terreno através de dispensa de licitação, o triplo do valor de mercado.

A denúncia feita por moradores do município, aponta que o terreno era do presidente da Câmara e foi vendido a terceiros. Após ser vendido, foi comprado pela Câmara de Vereadores, no mandato do ex-dono e atual presidente.

O valor que foi pago no terreno, chama atenção. São exatamente R$ 123. 396,00 em um terreno com localização não tão privilegiada em um pequeno município, onde a faixa de preço de terrenos próximos ao local, gira em torno de R$ 20 mil reais.

O caso deve ser alvo de uma investigação aprofundada do Ministério Público.