Etevaldo de Jesus Reis, de 45 anos, marido e suspeito de ter estrangulado até a morte Alcilene Cutrim, de 44 anos, no domingo de páscoa (4) se entregou à polícia na manhã desta segunda-feira (5), em São Luís. Ele estava foragido desde o crime.

Segundo a polícia, a vítima foi encontrada morta e amarrada com sinais de estrangulamento na região do pescoço em uma residência localizada no bairro Bom Jesus, próximo ao Coroadinho, na capital.

Alcilene já havia relatado a pessoas próximas que o relacionamento do casal não estava bem. “Ultimamente estive aqui e ela me falou que ele estava com outra mulher, a partir daí a vida descontrolou”, relembra Lourivaldo Cutrim, irmão da vítima.